jusbrasil.com.br
12 de Abril de 2021
    Adicione tópicos

    Pleno julga improcedente denúncia contra gestor de Campo Verde

    Denúncia formulada contra o prefeito de Campo Verde, Dimorvan Alencar Brescancim, foi arquivada pelo Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso após julgamento pela improcedência da acusação, em processo julgado na sessão ordinária do dia 2/2. No documento, o vereador Welson Paulo da Silva, relata a ausência de autorização da Câmara Municipal para que o gestor adquira e venda de imóveis.

    A equipe de auditoria do relator, conselheiro Antonio Joaquim, notificou o prefeito de Campo Verde sobre a denúncia. Ele, por sua vez, enviou cópias de leis municipais aprovando as transações, bem como a autorização do Legislativo. O parecer do Ministério Público de Contas também foi pela improcedência da denúncia.

    O voto do relator da denúncia, conselheiro Antonio Joaquim, foi lido em plenário pelo auditor substituto de conselheiro Luiz Henrique Lima.

    Veja link com informações do processo

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)